segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Já refletiu sobre o que é ser Ovelha?

Na bíblia, a palavra de Deus, somos chamados diversas vezes, em vários livros, de ovelhas. Você já refletiu sobre isso? O que é ser uma ovelha? Quem são as ovelhas? Como elas se comportam?
As ovelhas são birrentas, teimosas e de todos os animais que Deus criou é a menos capaz de cuidar de si própria. Ovelhas não aprendem truques, não podem morder e nem correr mais que você! Ovelhas são tolas, por isso não vemos nenhuma ovelha como mascote de times. Temos Peixe, porco, leão e até urubu, temos os Touros de Chicago, os Falcões Marinhos de Seatle, mas nunca veremos, por exemplo, as ovelhas de Nova York. Como seria o grito de Guerra desse time? - Nós somos as ovelhas, não damos nenhum pio, é problema seu a vitória conseguir, mas conte conosco se quiser dormir!..... Motivador não acha? Ovelhas não conseguem se limpar sozinhas, elas se sujam e dependem do pastor para limpá-las, ovelhas não podem dormir tranqüilas sem a presença do pastor para vigiá-las, ovelhas não conseguem achar pastos seguros elas precisam de um pastor para guiá-las, ovelhas não são auto-suficientes, arrogantes e cheias de si. Essa analogia bíblica não é por acaso, Deus certamente está nos dizendo através dela: - Ovelhas foram criadas para serem cuidadas, alimentadas, vigiadas, orientadas e guiadas pelo Pastor! Se você acha que é uma ovelha do rebanho do seu pastor mas não concorda com as colocações acima, então você é o seu próprio pastor e o seu salmo 23 é escrito da seguinte maneira:

Eu sou o meu próprio pastor, estou sempre em necessidade
Eu cambaleio de Shopping em Shopping, de médico em médico
buscando alívio mas nunca encontro.
Eu me arrasto pelo vale da sombra da morte e caio em pedaços.
Eu temo qualquer coisa e estou completamente sozinho,
vou aos cultos e acho que estou cercado de inimigos
vou para casa e as coisas ficam piores!
unjo a minha cabeça com uma dose extra de tylenol
e o aquário do meu peixe transborda.
Certamente que a miséria e o infortúnio me seguirão e
eu viverei em auto desconfiança pelo resto da minha vida solitária!

Pense nisso.

Texto escrito por Andreia Garcia